Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tangas Lésbicas

lésbicas de tanga na tanga - em busca do seu passo doble perfeito - desfiando as linhas que cosem as tangas - que nos devolvem envolvem - pingas que tingem a linha da tanga - todas as tangas são iguais - mas estas são as melhores - tangas lésbicas

Tangas Lésbicas

lésbicas de tanga na tanga - em busca do seu passo doble perfeito - desfiando as linhas que cosem as tangas - que nos devolvem envolvem - pingas que tingem a linha da tanga - todas as tangas são iguais - mas estas são as melhores - tangas lésbicas

pride connosco pois então

pride.gif

vem aí o pride, que bom! já vamos poder encher o bandulho de cerveja ou de vinho ou de sangria, que alegria. e sorrir com segundas e terceiras intenções para a pikena do lado com a boca cheia de chouriço e fartura, e os dedos cheios de gordura a passar pelas calças de ganga - não vá ser preciso dar a mãozinha à menina que está de sandálias e tem de ser ajudada a sentar-se num tronco de árvore. não esquecer as pastilhas elásticas com sabor a menta, que pode ser que nos calhem uns beijos e fica a modos que mal estar a arrotar a cachorro ou a cebola - e o vinho carrascão colado aos espaços entre os dentes, deus meu! será que vai haver música, que vamos poder dançar ao som do marco paulo? pois já que aqui também há pimba, poupem-nos as gainors e careys, certo? só dos manjericos é que não gramo, que me parece duma pinderiquice tremenda oferecer plantas murchas à pikena dos meus sonhos, abrenúncio, que ainda se me cola o mofo ao romance... e os mirones, tão kridos, parece que nunca viram, de boca aberta a fazerem-se modernos, mas a babar sabe-se lá por donde (nem kero saber, pra não vomitar, que a altura é de festa e há que ser politicamente correcto e fazer de conta que se é tolerante e responder bem a toda a gente e repetir mais umas mil vezes que o nosso amo é como o dos outros, pois então, não havia de ser...). ai que saudades eu tenho do joão soares, que ao menos não usava tacões altos como o pedrito de portugal, nem melenas à balsemão. ó senhor josé ministro, também vai? vai? ou vai dizer-nos que o calhau fica longe pra burro e que à noite até nem se deve andar por ali que aquilo é podre de mal frequentado? ai que saudades eu tenho do krus abecassis, que a pretexto de ser católico aquilo é que eram umas pegas de caras!... ao menos não erradicava ninguém para os subúrbios das galinheiras a pretexto de não sei que conveniências municipais. era não e pronto! mas, minhas caras amigas, vamos lá pró arraial dar à anca e às pestanas, não vão as manas drags ficarem com a fama e o proveito. afinal, o people é que sabe e a gente anda a precisar de derramar as vistas pelas diletantes e recém-chegadas, já para não falar nas amazonas à moda antiga que lá hão-de estar a assegurar que nada mudou e que estamos todas ali pró mesmo. bora pró convívio!

5 comentários

Comentar post