Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tangas Lésbicas

lésbicas de tanga na tanga - em busca do seu passo doble perfeito - desfiando as linhas que cosem as tangas - que nos devolvem envolvem - pingas que tingem a linha da tanga - todas as tangas são iguais - mas estas são as melhores - tangas lésbicas

Tangas Lésbicas

lésbicas de tanga na tanga - em busca do seu passo doble perfeito - desfiando as linhas que cosem as tangas - que nos devolvem envolvem - pingas que tingem a linha da tanga - todas as tangas são iguais - mas estas são as melhores - tangas lésbicas

Desencontros

- Ó Maria José, já viu?
- Vi o quê?
- Quem morreu, claro.
- Quem?
- O Papa, mulher...
- O Papa-mulher? Ai... Também havia?
- Não, mulher! Morreu o Papa-papa, Papa-homem.
- Hum...
- Hum? Hum o quê?
- Hum-nada.
- Nada? Morre o papa e tudo o que tem a dizer é um nada?
- Há mais alguma coisa a dizer?
- Ó mulher! Uma das personalidades mais importantes em todo o mundo...
- Para quem?
- Para os católicos; os não católicos; nós!
- Para os católicos entendo; para os não católicos também - devem estar aliviados... Mas, para nós?!?
- Então não acha?
- Não.
- Ora essa...
- Qual é a surpresa?
- Ó Maria José, lá está você com os seus exageros...
- Mas que exageros?
- Você é sempre contra tudo e todos. Que mania...
- Eu??
- Sim, você!
- Ai é? Então responda-me lá: a menina não fez campanha pró-aborto?
- Fiz, fiz...
- E não deu o seu donativo para a campanha dos preservativos?
- Dei, claro.
- E não se masturba quando anda para aí virada?
- Francamente, Maria José... Que vem isso à conversa?!?
- E não vive de casa e pucarinho e outras coisas comigo?
- Mas por que é que me está a fazer essas perguntas todas?
- Porque quero saber como é que a menina pode estar preocupada com a morte de alguém que era contra essas coisas todas que acaba de me dizer que fez e faz.
- Porque sou católica, ora essa!
- Ai é? E não se importa de me dizer como é que é católica se faz tudo a que o tal de Papa diz um não redondo, além de nunca pôr os pés numa missa?
- Ora... Primeiro, ninguém faz exactamente tudo o que o Papa quer. Isso é simplesmente impossível.
- Até aí, concordo. Mas, no seu caso, não fez exactamente tudo aquilo que ele achava, como chefe da Igreja, que um bom católico não devia fazer?
- Fiz, mas não é por isso que não sou uma boa católica, Maria José, valha-me Deus...
- Valha-lhe quem quiser, querida, e a mim também, porque a sua forma de ser católica não tem pés nem cabeça...
- Lá está a menina a implicar comigo, só porque eu acredito em Deus e você não. Isso é discriminação!
- Deve ser, deve, porque eu, que não sou católica nem quero ser, tenho que gramar o Papa às duas da manhã, na minha cama, a pairar por cima da cabeça da minha namorada...
- Olhe que eu não gosto nada dessas faltas de respeito para com o Santo Padre...
- Ai não? Pois eu não gosto nada de estar para aqui, na nossa cama, a conversar de uma pessoa que não aprova que eu durma e viva consigo. Por falar nisso, desde quando a menina se veste dos pés à cabeça para vir dormir?
- Ó Maria José... Isto é para você não se pôr com ideias, que hoje só quero rezar umas avé marias pelo Papa antes de adormecer. Ele bem merece.
- Então vá rezar para o sofá, se faz favor, não vá eu resolver pecar logo hoje, que a menina resolveu pôr em prática o seu catolicismo...

9 comentários

Comentar post